Imprimir Shortlink

VANISHING TIME: A BOY WHO RETURNED

Esta é uma surpreendente produção coreana. Mas não apenas pela sua qualidade técnica, que envolve interessantes  efeitos especiais, a bela fotografia, a trilha sonora totalmente adequada e uma competente direção e edição – o que o cinema coreano já vem apresentando há tempos. E sim porque uma história a princípio juvenil, do gênero “fantasia” – embora com suspense, mistério, drama – mostra-se dotada de ingredientes tão bem dosados, de realismo e poesia, que acaba nos encantando, nos arrebatando e nos fazendo mergulhar de cabeça nessa viagem mágica e de final que provoca muita tensão e angústia. A preocupação com detalhes, a autenticidade das emoções, a qualidade do elenco, são elementos também de notável destaque. Um filme que desperta variados sentimentos, enternece, emociona, evoca referências cinematográficas importantes…Só não gostei da interpretação do padrasto. Os demais estão todos muito bem. E a menina é simplesmente maravilhosa e um dos trunfos do filme é sua fotogenia, além da belíssima interpretação que apresenta, com apenas 14 anos de idade!  9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone