Filmes Muito Antigos

VONTADE INDÔMITA (THE FOUNTAINHEAD – “A nascente”)

VONTADE INDÔMITA (THE FOUNTAINHEAD – “A nascente”)

Muitos filmes já foram vistos em que alguém ousa se rebelar contra o sistema, contra a vontade da maioria, desafiando uma época, uma comunidade ou a ordem geral, como se adotasse na prática uma das máximas de Nélson Rodrigues: Toda […]

TERRA DE PAIXÃO (RED DUST)

TERRA DE PAIXÃO (RED DUST)

Este filme, de 1932, é dirigido por Victor Fleming, de O mágico de Oz e um dos diretores de E o vento levou, entre outros. Tem no elenco um Clark Gable já elevado ao status de galã (que confirma com […]

UMA ALMA LIVRE (A FREE SOUL)

UMA ALMA LIVRE (A FREE SOUL)

Um roteiro ótimo, consistente e ousado, principalmente para o ano de 1931, sendo um filme avançado para a época principalmente por algumas cenas e pelo comportamento (e alguns trajes) da protagonista, interpretada por uma das maiores musas dos anos 20/30, […]

GRANDE HOTEL (GRAN HOTEL)

GRANDE HOTEL (GRAN HOTEL)

O título se refere a um luxuoso hotel na cosmopolita Berlim dos anos 30, considerada um centro cultural na época. Um filme de 1932, do qual não gostei tanto quanto esperava, porque achei que, a despeito de seus méritos, todo […]

SUSAN LENOX (HER FALL AND RISE)

SUSAN LENOX (HER FALL AND RISE)

Este filme foi produzido em 1931 e é estrelado por Greta Garbo e Clark Gable (sem bigode). Trata-se de um drama que mostra as facetas da mulher e das relações da época, desencontros e descaminhos, o próprio subtítulo já dando […]

A DIVORCIADA (THE DIVORCEE)

A DIVORCIADA (THE DIVORCEE)

Este é um filme de 1930, com muitos diálogos e cenas de som (em duas festas), lembrando que o cinema estava nos primeiros anos da “era do cinema falado”, que historicamente iniciou em 6 de outubro de 1927, com o […]

GILDA

GILDA

“Nunca houve uma mulher como Gilda” (pronuncia-se Güilda), estava escrito no poster deste drama noir de 1946 (em P&B) e a frase galgou fronteiras, de espaço e tempo. E o filme ficou famoso, claro, por Gilda de Rita Hayworth, uma […]

A MUNDANA (A FOREIGN AFAIR)

A MUNDANA (A FOREIGN AFAIR)

Marlene Dietrich foi uma atriz e cantora alemã naturalizada americana e que em 1920, com 19 anos, já atuava nos palcos alemães. Começou a ficar famosa com o filme “O anjo azul”, de 1930 e participou de inúmeros filmes. Neste, […]

OS ASSASSINOS

OS ASSASSINOS

Quem vê este noir de 1946 imediatamente o coloca como “daqueles antigos”, sem a menor dúvida, pois seu estilo já denuncia seu tempo. Mas acho que jamais dirá que Burt Lancaster está estreando no cinema (com 33 anos na época), […]

O FIO DA NAVALHA (THE RAZOR´S EDGE)

O FIO DA NAVALHA (THE RAZOR´S EDGE)

Embora exista uma versão mais nova (de 1984), com Bill Murray e Theresa Russell, esta é a de 1946, com o galã Tyrone Power, a bela e premiada Gene Tierney (Laura, Amar foi minha ruína…), a também a oscarizada Anne […]

AMAR FOI MINHA RUÍNA (LEAVE HER TO HEAVEN)

AMAR FOI MINHA RUÍNA (LEAVE HER TO HEAVEN)

Mais uma vez sem comentar muito o título em português (ridículo), temos aqui um drama com o ator Cornel Wilde (que interpretou Chopin em À noite sonhamos) e que teve quatro indicações ao Oscar 1946: Melhor atriz, som, direção de […]

À NOITE SONHAMOS (A SONG TO REMEMBER)

À NOITE SONHAMOS (A SONG TO REMEMBER)

Este filme de 1945 é anunciado como sendo biográfico do compositor -clássico- polonês Chopin. Entretanto, de biografia do magistral compositor romântico o filme tem muito pouco, porque os fatos do filme, em grande parte, fantasiam e romanceiam a vida do […]

FARRAPO HUMANO (THE LOST WEEKEND)

FARRAPO HUMANO (THE LOST WEEKEND)

O filme ganhou em 1946 os Oscars de Melhor Filme, Diretor (Billy Wilder), Ator (Ray Milland) e Roteiro adaptado, tendo concorrido também nas categorias de Melhor edição, fotografia e trilha sonora. Na verdade, é uma história contada de uma forma […]

ALMA EM SUPLÍCIO (MILDRED PIERCE)

ALMA EM SUPLÍCIO (MILDRED PIERCE)

O título original é o nome da personagem interpretada pela grande (e bela) Joan Crawford. Sem comentários o melodramático título em português. Este é um filme muito interessante, entre os vários de qualidade produzidos na década de 40 (no caso, […]

UM RETRATO DE MULHER (THE WOMAN IN THE WINDOW)

UM RETRATO DE MULHER (THE WOMAN IN THE WINDOW)

Edward G. Robinson atuou em dezenas de filmes, principalmente nas décadas 30 e 40, sendo diversos de gangster. Sua fisionomia e físico eram peculiares, não tinha ares de galã, mas era um ótimo ator e se inclusive se especializou em […]

DUELO AO SOL (DUEL IN THE SUN)

DUELO AO SOL (DUEL IN THE SUN)

Um filme estilo faroeste (mas não se concentra exatamente no gênero, sendo mais um drama), feito em 1946 e dirigido por King Vidor (e, pelo que consta, em parte por Otto Brower e William Dieterle). Teve duas indicações (justas) ao […]

TEMPESTADES D´ALMA (THE MORTAL STORM)

TEMPESTADES D´ALMA (THE MORTAL STORM)

Apesar de o título do filme ser excessivamente dramático e ao mesmo tempo vago, o filme trata da consolidação do nascimento do nazismo (embora esse termo não seja mencionado) -a partir de 1933, quando Hitler foi elevado a Chanceler da […]

O TESOURO DE SIERRA MADRE

O TESOURO DE SIERRA MADRE

Este filme é considerado um clássico do premiado diretor John Huston (Relíquia Macabra, O segredo das joias, Uma aventura na África, Moby Dick, Os desajustados etc), também porque tem no elenco Humphrey Bogart, aqui interpretando um personagem de caráter oscilante, […]

O RETRATO DE JENNIE

O RETRATO DE JENNIE

Quanto mais o espectador for romântico e/ou sonhador e se deixar levar pela fantasia, mais gostará deste filme de 1948 e se emocionará com ele, que desde a apresentação já deixa claro que sua temática desafia a realidade e contempla […]

VIRTUDE SELVAGEM (THE YEARLING)

VIRTUDE SELVAGEM (THE YEARLING)

O título em português, diversamente do que acontece usualmente, não é ruim, ao contrário: é um nome abrangente e que encerra ainda certo mistério, o que o torna bem interessante. O nome original significa “O filhote” e denuncia um dos […]