Imprimir Shortlink

THE INFILTRATOR (CONEXÃO ESCOBAR)

the-infiltrator-infiltrator-1sht_reflection-v2_rgbNos créditos finais – quando também conhecemos o destino dos personagens principais -, ficamos sabendo que o filme se baseou em uma história real, especificamente no livro do protagonista, um agente federal americano. Embora direção, edição, trilha, fotografia, tudo seja da maior qualidade, poderia ser mais um filme dos muitos sobre FBI, cartel de drogas, Escobar, mocinhos x bandidos, disfarces, jogo duplo/infiltrações…Se não fossem dois fatores que o diferenciam, pelo menos da grande parte das obras sobre o tema: a qualidade do elenco e a exploração do aspecto psicológico do casal “infiltrado”, que além das dificuldades típicas de uma missão perigosa envolvendo variados interesses – e a corda bamba o tempo todo (o medo de ser descoberto) -, também enfrenta o lado humano, que acaba conflitando com o profissional, ao formar uma espécie de afeição por quem deveria ser o inimigo. Nesse ponto o filme é ótimo. Além disso, é realmente muito bem feito, repleto de suspense e muita tensão e que em nenhum momento vacila em termos qualitativos. Embora não apresente novidades de grande impacto, é bastante acima da média. Com Bryan Cranston (lembrando em muito o personagem de Breaking Bad), Diane Kruger, John Leguizamo e Benjamin Bratt, entre outros.  8,6

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone