Imprimir Shortlink

O CAPITAL

O capitalTrata-se de um filme de interesse adulto, pois seu tema é o mundo dos negócios, dos interesses, o jogo político e as estratégias “lobo x lobo”, no caso envolvendo o comando de um grande Banco e de tudo o que orbita em torno da corporação, do dinheiro, das operações, da ganância e da busca desenfreada pelo lucro, com muito ritmo e um clima permanente de suspense, bem constituído inclusive pela trilha sonora. O capitalismo selvagem, enfim. O texto é ferino e a trama interessante, inclusive pela narração in off em alguns trechos importantes do filme, mostrando aspectos inclusive da facilidade que a corporação tem de implacavelmente exterminar as formigas. O mundo dos executivos é mostrado de uma maneira glamourosa (festas e grandes eventos, hotéis e restaurantes de luxo…), mas sem freios éticos, sendo também transparente a realidade em que o homem poderoso se torna um idiota, ao tornar-se um mero joguete na mão de uma mulher sensual e oportunista…Mas o foco, enfim, é o poder, seus elementos e seu componente irresistível de atração, a cena final mostrando se existe ou não existe, afinal, alguma esperança de fuga…Drama francês de 2012, direção do festejado francês Costa-Gavras (Z, Estado de sítio, Muito mais que um crime, O corte…), com Gad Elmaleh (Meia noite em Paris) e Gabriel Byrne (Os suspeitos, Stigmata, In treatment – série de TV…). 7,8

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone