Imprimir Shortlink

CAVALO DE GUERRA

Pelo propósito inicial de somente comentar filmes com nota acima de 7,5/8,0, faço esta exceção pelo fato de concorrer ao Globo de Ouro 2012 e principalmente como uma reverência à contribuição ao Cinema prestada por esse notável cineasta, que é Steven Spielberg (de obras memoráveis), que dessa vez contempla a Primeira Grande Guerra – pena que parece não ter mais pretensões de inovar… Imagino que a grande parte das pessoas vá gostar muito do filme, mas após 40 anos de cinema, confesso não ter mais muita paciência para ver sempre a mesma coisa. O filme cheira épico, com cenas grandiosas, música ufanista, histórias de coragem, superação etc. Entretanto, é mais um dos já vistos e reprisados dezenas e dezenas de vezes, feito neste caso na medida para manipular as emoções do espectador. É um daqueles que passava na “Disneylândia”, com roupagem moderna. Com direito a ótimas cenas de guerra e uma cena magnífica quase ao final do filme, do cavalo galopando em meio à guerra, mas a que se segue, lamentavelmente, outra cena digna de pastelão, simplesmente ridícula, da confraternização dos soldados inimigos. No final das contas, mais um filme-família para provocar lágrimas, emoldurado ao final pela cena clássica das sombras dos personagens tendo por detrás o crepúsculo. A virtude é que, como todo filme de Spielberg, é tecnicamente perfeito. O que não é pouco (junto com os elementos já citados), embora pelo que poderia ser, também não seja muito. 7,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone