Imprimir Shortlink

AMOR

AmourO nome do filme é simples e perfeito. Um drama francês (co-produzido por Áustria e Alemanha) que retrata um casal de idosos, notadamente diante dos acontecimentos que ocorrem a partir do momento em que um deles começa a ficar doente (o que sempre é um teste para o verdadeiro amor). Dirigido por Michael Haneke e lançado no início de 2013, é um filme pesado no sentido de mostrar a realidade, que será sentida ainda mais por aqueles que já conviveram e/ou trataram doentes de AVC ou Alzheimer. Interpretações magistrais do veteraníssimo Jean-Louis Trintignant (antigo no cinema a ponto de ter sido galã de Brigitte Bardot) e da indicada ao Oscar, Emmanuelle Riva. O filme concorre a vários Oscars: filme, diretor, roteiro, filme estrangeiro (como austríaco) e atriz – como também poderia ter sido indicado na categoria  melhor ator…-, tendo ganho a Palma de Ouro em Cannes 2012. Para quem procura cinema-diversão, nada indicado. Mas é cinema de qualidade, sério, profundo, tocante.   8,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone