Imprimir Shortlink

RELATOS SELVAGENS

nt_14_relatos-salvajes-exterior1-360x514Esta é uma produção portenha-espanhola de 2014 (com um dedinho de Pedro Almodóvar), de excepcional qualidade. Um filme ácido, inteligente, com humor principalmente negro, que em seis episódios muito bem dosados em todos os sentidos, apresenta facetas do ser humano que de seu estado de equilíbrio é levado, por uma circunstância ou outra, a extremos, com atitudes irascíveis, de vingança, de ódio incontrolável (que em parte até compartilhamos), em um mosaico extraordinariamente sintetizado, já que cada tema poderia facilmente, por sua complexidade, render um longa metragem. É a selva urbana, é o homem virando fera de uma hora para a outra! Vemos nessas narrativas fatos do nosso próprio cotidiano e com isso nos identificamos e, chocados, nos questionamos a respeito de atitudes que podemos tomar e que por um triz podem precipitar consequências desastrosas. Apesar de ser meu favorito o último episódio (e em segundo lugar o dos dois motoristas na estrada) –  pelo tempero, além da imprevisibilidade comum a todos -, reconheço a qualidade de todos, do diretor, dos atores, fotografia, produção etc., e no capítulo mais prosaico (no sentido de identificação com nossa realidade burocrática), é um prazer renovado ver atuar esse magnífico ator Ricardo Darín, tão eficiente em papéis rebuscados, como, no caso, de cidadão comum, indignado com o desrespeito violento a seus direitos básicos. Pelas informações, o filme vai concorrer pela Argentina ao próximo Oscar de Filme Estrangeiro (eu já marcaria).  9,5

 

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone