Imprimir Shortlink

MARGUERITE

501497Que filme diferente! E o “pior” é que consta que baseado em história real! Um drama com humor, mas meio cáustico. Se fosse nos dias de hoje, poder-se-ia dizer que a personagem é uma “sem noção”. Mas seria cruel demais com a sua inocência! Há um filme americano, bem antigo, com o Peter Sellers, em que o personagem que ele interpreta está totalmente alheio à realidade, à maldade do mundo e na cena final anda sobre as águas…Muito além do jardim…Aqui é outro o contexto, mas a simbologia é a mesma, inclusive permitindo muitas metáforas…Até onde vai uma farsa? Até onde ela existe, afinal? E qual a sua definição? A inocência pode ser punida? Há o momento certo de cair o pano? O filme, com ótimo roteiro, fotografia, trilha sonora dos clássicos e atuações excelentes, passa-se na década de 1920 e é uma produção franco-belga-checa, recebendo dez indicações para o César 2016 (o Oscar francês): melhor filme, melhor diretor (Xavier Giannoli), melhor atriz (a excelente Catherine Frot), melhor ator coadjuvante (Andre Marcon), melhor roteiro, melhor som, melhor fotografia, melhor edição, melhor figurino e melhor design de produção. Realmente é algo original e muito bem realizado. Para entreter, emocionar e surpreender.  8,5

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone