Imprimir Shortlink

MAD MAX – ESTRADA DA FÚRIA

Mad-max-estrada-dafuria-posterSe formos comparar com o primeiro Mad Max – que fez extraordinário sucesso, com Mel Gibson-, o “original” parecerá talvez meio insípido e em câmara lenta, embora tenha sido icônico. Tal o ritmo deste filme, desde a primeira cena, embora um abismo separe aquela época da de hoje, em se tratando de efeitos de som e imagem. Ação incessante, impressionantes direção, trilha sonora e fotografia, uma produção com cheiro de épico e todos os elementos presentes, incluindo altas doses de adrenalina e até de certa poesia, no caso, claro, “poemas da devastação”, tratando-se de um mundo futuro árido e selvagem, onde a única tônica é a sobrevivência. Um filme muito bem concebido e produzido e que dentro do gênero da ficção científica merece realmente um grande destaque. Um dos melhores filmes de ação dos últimos tempos. Algo que, parodiando os “bons tempos” de cinemão, pode ser chamado de “filmaço”, para ser visto com guaraná e pipoca, porém sem tirar por nenhum segundo os olhos da tela. Direção de George Miller, o mesmo de Mad Max 1 e 2, com Charlize Theron e Tom Hardy.  8,8

 

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone