Imprimir Shortlink

O LADO BOM DA VIDA (SILVER LININGS PLAYBOOK)

O lado bom da vidaO filme, em sua primeira e maior parte, tem o incrível ritmo do personagem: um bipolar, hiperativo. Mas o fato relevante é que para que isso aconteça tudo sintoniza e o diretor David O. Russel  alcança algo muito difícil: o tom exato, de roteiro, personagens, trilha sonora, montagem…o casal de protagonistas é esplêndido e guarda uma química perfeita, Bradley Cooper (surpreendente) e Jennifer Lawrence; os coadjuvantes, são ótimos, principalmente o pai e a mãe, Robert de Niro e Jacki Weaver.  Por isso as indicações aos Oscar de filme, direção, roteiro adaptado (do mesmo David), ator, atriz, ator coadjuvante e atriz coadjuvante. A parte final do filme deixa um pouco de lado o ritmo frenético, mas dá lugar a outro tipo de sabor: a deliciosa comédia passa a se direcionar mais ao romantismo, ao calor humano, ao afeto e ao contexto de família…Mas sem perder qualidade. Diversão de primeiríssima grandeza, que faz rir muito e que também, nesse nível, emociona e enternece.  9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on Facebook
Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone