Imprimir Shortlink

LOGAN

Um filmaço e que os fãs da série X-MAN vão apreciar e muito! Entretanto, para os que não acompanham a série o filme também vai agradar, embora a compreensão dos fatos se torne um pouco mais difícil e vá ocorrer ao longo da história. Um filme de ação e com violência espetacularmente selvagem, sem qualquer condescendência ou compaixão. De ninguém. O espectador deve esperar de tudo neste belíssimo –  e melancólico (pelo crepúsculo de seus heróis) –  filme de ação e que tem fartura de cenas para se ficar grudado na poltrona, tal o seu impacto e perfeição. A par de tais cenas, contudo, existe aqui  uma profundidade temática elogiável, porque se trata da decadência física e psicológica de heróis, castigados pelo tempo e pela sua própria história: Wolverine,  já fatigado e inclusive intoxicado pelo adamantium que sempre constituiu sua força e vigor (embora com acessos de sua poderosa fúria) e o Professor Xavier, vivendo sob severa dependência à base de remédios para conter suas poderosas convulsões, agora descontroladas (a despeito da consciência que ainda mantém, de seu poder avassalador). Certamente este oitavo filme é um dos memoráveis da saga e aqui Hugh tem uma das mais vigorosas atuações de sua carreira, dirigido novamente pelo também roteirista James Mangold. O título do filme é o nome verdadeiro de Wolverine.  9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email