Imprimir Shortlink

A FAMÍLIA BÉLIER

590648.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxA família Bélier mora numa propriedade rural não muito longe de Paris e poderia ser igual a muitas outras famílias francesas ou de outras partes do mundo…não fosse uma particularidade: tirando a filha Paula, são todos deficientes auditivos. A partir daí alguns fatos cotidianos – mas especialmente um deles – vão sustentar todo o roteiro e propiciar momentos ternos, engraçados, emocionantes, mas sem sentimentalismos baratos. Esta comédia francesa (co belga) tem o dom de ir nos amarrando aos poucos e de acabar nos fazendo reféns ao investir na emoção, mas com leveza, simplicidade e naturalidade, nos cativando também pelo geralmente feliz casamento do cinema com a música: no caso, belas composições principalmente de Michel Sardou, destacando-se a clássica – da música romântica francesa – Je vais t´aimer! Um filme para toda a família e que deixa no final os corações quentes e felizes, de sentimentos bons e que perduram depois que a sessão termina, fato que comprova seu mérito. Embora a premissa não seja original, a maneira como a história é contada realmente torna o filme encantador. Direção ótima de Eric Lartigau, elenco maravilhoso comandado por Louane Emera (jovem e ótima atriz já aos 18 anos), Karin Viard (bonita e veterana atriz francesa) e François Damiens (experiente ator belga, com um personagem exótico e interessante), mais uma pérola do cinema francês, que mostra o valor da família e os aparentes conflitos com a realidade da vida…a síndrome do ninho vazio…voar!  9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on Facebook
Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone