Imprimir Shortlink

WIND RIVER (TERRA SELVAGEM)

Um filme policial passado em local ermo e com um ótimo conteúdo de cunho humano. Mérito da direção e do elenco. Sem pressa, algo triste, algo contemplativo, envolvendo neve, silêncio e muitos dramas, com ótima trilha e fotografia. O clima e o tédio mexem com os sentimentos, com os instintos humanos em Wyoming, um dos Estados americanos com menor população, onde convivem o frio, o gelo, búfalos e existe como uma das atrações o parque de Yellowstone. E o ser humano ali está, forçado a se adaptar. Aqui há um crime a ser desvendado, havendo a investigação conjunta da polícia local e do FBI, ao mesmo tempo em que paralelamente um leão da montanha anda exterminando animais de criação (mas esse fato é apenas uma moldura). A paisagem é um grande atrativo, acentuando a monotonia e a solidão e a investigação segue lenta, imersa também no universo pessoal dos protagonistas e no noviciado da agente federal. O elemento principal do filme é efetivamente o painel humano e os diálogos são muito bons, com um final comovente, fazendo a conexão entre os fatos policiais e a própria vida do protagonista, muito bem interpretado por Jeremy Renner. O filme en passant também deixa uma mensagem  sobre a escassez das populações indígenas no mundo moderno e o recado final é justamente sobre a falta de estatísticas sobre mulheres indígenas desaparecidas. O diretor e roteirista é Taylor Sheridan, de A qualquer custo e Sicário. Um filme muito bem estruturado e que vai aos poucos fazendo com que o espectador mergulhe de cabeça na história.   8,5

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone