Imprimir Shortlink

SEVEN

No estilo “serial killer”, provavelmente um dos dois melhores da história do cinema (o outro seria “ O silêncio dos inocentes”), embora sejam inevitáveis – lamentavelmente –  as ridículas cenas em que a polícia, apenas para deter um suspeito, desloca 15 viaturas (!) com dezenas de homens fortemente armados e que invadem um prédio com o protocolo de quem toma de assalto um quartel inimigo…isso para localizar um suspeito…! Mas, como dito, é inevitável no cinema americano e por isso não abala a consistência desse filme, de 1995. Com elenco capitaneado por Morgan Freeman (excelente, criando mais um tipo humano verossímil) e Brad Pitt (bom ator, mas lá com seus estereótipos), é um filme tenso, com muito suspense no quebra-cabeças que vai sendo montado e excelentes fotografia (locais escuros, fétidos e tenebrosos…), montagem e direção. O diretor é David Fincher, que também dirigiu O clube da luta, O curioso caso de Benjamin Button, A rede social, entre outros. Lembrando que os sete pecados capitais são a gula, a cobiça, a vaidade, a preguiça, a luxúria, a inveja e a ira, o filme se destaca pelo intrigante, misterioso e competente roteiro, que em alguns aspectos se mostra genial: principalmente no fabuloso final do filme, em que faltam dois pecados capitais para completar a “obra” do psicopata. A despeito de tudo, fica a frase final do personagem de Morgan Freeman, citando Hemingway e declarando concordar com a segunda parte dessa frase: “O mundo é um bom lugar para se viver e vale a pena lutar por ele “.  8,9

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
  • Babi

    Melhor filme de serial killer da história!!! hehe

  • Dicas & Curiosidades

    Siga-nos para as melhores dicas e curiosidades