Imprimir Shortlink

THERESE DESQUEYROUX

thereseFilme francês que encerrou Cannes 2012, com lento andamento,  roteiro adaptado e uma Audrey Tautou (Amelie Poulin ) diferente da que estamos acostumados, em um papel sério, de mulher mais velha. A família tradicional no interior da França nas primeiras décadas do século XX e os anseios íntimos de ruptura: enquanto o patriarcado se acomoda e põe viseiras, preocupando-se apenas com o próprio nariz, a dama ousa sonhar bem mais alto e mais além…Sua solidão (e o ridículo) no casamento choca e se resume bem na cena do rápido e insosso relacionamento físico íntimo do casal, mas a prisão social é real: e vai provocar não só a apatia (até como mãe), mas a partir de certo fato mais radical, elevar o grau de humilhação, pela necessidade de se manter as aparências.  A dignidade cederá sua vez ao bizarro. 7,5

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email