Imprimir Shortlink

TAKE ME TO THE RIVER

large_hntjvy1iyjgayz6kkjrp37b5yg2O que poderia ser mais puro e ingênuo do que um reencontro familiar no campo, depois de tantos anos?…mudanças, principalmente para os que viveram na cidade, mas mesmo assim a afetividade dos laços de família? Mas só na superfície. Nas camadas mais profundas há segredos represados, há a natureza humana e este filme acaba nos provocando uma sensação permanente de tensão, ao revelar inesperadas sombras. Fantasmas assombram o presente e eis instalado um clima de suspense pelo mistério e diante do rumo inesperado das coisas…ocultam quem sabe a face perversa da infância, os preconceitos e algo que era pueril acaba se transformando em um drama com tintas fortes e até mesmo chocantes (inclusive pelo que não mostra explicitamente…), na verdade perturbador, na medida em que rompe com a placidez do local, do evento e do rio – que dá título ao filme, com muita propriedade -, de águas que só na aparência são calmas…8,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email