Imprimir Shortlink

SUPERCONDRÍACO

Supercondriaque-o-CartazNo gênero “comédia romântica” é comum ver filmes divertidos, simpáticos, agradáveis, mas geralmente todos gravitam em torno dos mesmos temas, tendo os mesmos cacoetes e clichês, sendo que apenas uma pequena parte deles se destaca, por qualidades especiais. Ainda mais quando se trata de um filme francês desse gênero. No caso, eu achei esta comédia muito divertida. Muito gostosa de ser vista, extremamente valorizada pela direção, pelo elenco (algumas cenas são impagáveis por conta dos atores) e pelo texto esperto e ágil. Fazia tempo que não dava tão boas risadas, para isso tendo de deixar de lado obviamente certas exigências de coerência e verossimilhança (o que deve ser feito nesse tipo de filme) e mergulhar no gênero, a partir daí passando a desfrutar totalmente dessa comédia escrachada, mas também  inteligente e com ótimos e criativos momentos. A começar pela abertura. Pode muito bem passar numa Sessão da tarde e ser vista por toda a família com prazer, porque sem dúvidas é diversão bem acima da média. Segundo consta, é o filme mais visto na França nos últimos tempos, sendo totalmente pertinente um dos comentários da mídia sobre ele e que endosso totalmente: “Divertimento vitaminado para ser receitado dos 8 aos 80” (Le Figaro Magazine).  8,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email