Imprimir Shortlink

SUBURBICON (BEM-VINDOS AO PARAÍSO)

Este é um filme original, mas estranho e com interpretações forçadas/exageradas em algumas cenas. Mas é tudo proposital e feito de forma calculada, com o objetivo de realçar fatos e chamar a atenção para a real mensagem que pretende passar. Dirigido pelo competente George Clooney em parceria com os irmãos Coen – o que já significa muita coisa! -, tem no elenco Matt Damon, Julianne Moore (e o excelente menino Noah Jupe) e a trilha sonora de Alexandre Desplat, fatos que confirmam a sua qualidade. Na verdade, é uma obra satírica, cínica, debochada, que mostra a classe média branca americana dos anos 50, vivendo o american way of life:  um bairro exemplar, com pessoas bonitas, alegres, sorridentes, cordiais, as casas perfiladas, todas ajardinadas e ensolaradas, enfim, um mundo de perfeição em todos os sentidos. Mas a harmonia é mostrada para depois ser desconstituída e de forma impiedosa! A época, por sinal, é ideal para tais propósitos, ainda sendo os americanos especialistas em reconstituição de épocas, notadamente a década de 50. O filme justamente põe a pique a hipocrisia dessa classe média, a partir de fatos envolvendo a nova vizinhança e atos criminosos inesperados, dos quais decorrem cenas que chocam e que incomodam, com um clima de drama e suspense e que vai conduzir o espectador por caminhos muito bem elaborados de uma sátira ferina, inteligente e que ostenta um humor negro de sorriso amarelo.  8,8

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone