Imprimir Shortlink

MESSLER

rpr_Messner_Movie1Esta é a biografia do fabuloso, destemido e polêmico alpinista italiano (língua materna alemã), que viveu em regiões tirolesas e nas décadas de 60 a 80 escalou os mais perigosos e desafiadores picos do mundo, posteriormente ainda tendo percorrido grandes desertos, inclusive os de gelo, como o Polo Sul, Groenlândia e Polo Norte. Reinhold Messler na verdade foi o primeiro a escalar o Everest sem garrafas de oxigênio e dois anos depois o primeiro a repetir o fato em escalada solo. Além disso, foi o primeiro a escalar todos os 14 picos do mundo com mais de 8.000m e o segundo a escalar os 7 picos mais altos dos sete continentes. O filme (cuja capa é espetacular!) mostra a vida da família de muitos filhos na aldeia, a irmandade, a educação fria do pai e calorosa da mãe, a escalada como uma fuga, mas também como um elemento do qual o personagem não conseguiu mais se separar, fazendo escaladas sozinho e perigosas, quebrando recordes de tempo e em uma frase resumindo sua paixão: “Eu ficava entre a vida e a morte para não morrer”. Mas o personagem se tornou polêmico e algumas de suas histórias são contestadas por membros das expedições de que participou (inclusive a que envolveu o suposto abandono de seu irmão, morto na descida de uma escalada), polêmicas essas não enfrentadas pelo filme, que é estrelado pelo próprio personagem (talvez por isso, a falta do distanciamento crítico). Mas o filme, embora omita fatos inclusive interessantes da vida do mito (por exemplo: consta que em uma das escaladas ele perdeu 6 dedos), apresenta belas imagens de arquivo, de alpinismo, outras dramatizadas, filmagens espetaculares dos picos enfocados e embora não tenha a emoção de um thriller  –  o que seria diferente se fosse uma produção americana -, possui a virtude de nos fazer acreditar no que vamos vendo e de nos fazer apaixonar pela história, pela coragem e pelas conquistas, por todo o contexto de vidas, desafios e sentimentos: o homem, um obstinado em busca da superação, o que faz no presente caso com que, mais do que  praticar um esporte de risco e elevar seu corpo, eleve também sua alma a alturas que poucos conseguiram alcançar. 8,5

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email