Imprimir Shortlink

MAN FROM EARTH

Um filme inovador, construído de forma brilhante a partir de uma ideia bastante original. Praticamente desde os primeiros minutos já se fica surpreso e fascinado com a história, magnetizado pelos diálogos, pelo clima. O espaço é um só, mas o grupo que o ocupa é do mais alto nível cultural  e intelectual. Exatamente o adequado para o tema e para a sua credibilidade: as pessoas certas para ouvir e para argumentar, dentro de uma história que vai  crescendo e se enredando por caminhos os mais diversos, da pilhéria à perplexidade. E os pontos de interrogação vão surgindo e se acumulando e dando lugar à reflexão. E à emoção. Inclusive pela simplicidade das coisas. Passa a ser relativo aquilo em que se acreditava: a fronteira do possível e do improvável, uma tênue linha. “O que me ensinaram”? “O que tive de assimilar mesmo sendo um paradoxo”? A ideia toda é genial, muitíssimo bem concebida e a cena quase no final, com o velho, permite, enfim, que a emoção reprimida aflore.  Um filme independente, de baixíssimo orçamento para os padrões americanos (pelas informações, gastou-se menos de 300 mil dólares), que não teve a divulgação merecida quando lançado (os próprios autores disponibilizaram downloads do filme pela internet)  e que tem o grande mérito de  fazer o espectador efetivamente pensar!!! Baseado em recente obra de um dos mais aclamados escritores de ficção científica, Jerome Bixby, “Man from Earth” é mais do que um ótimo filme: acaba sendo uma bela lição sobre a própria história da humanidade. 9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone
  • Oficialmente agora do teu blog, justo neste filmeco (rsrsrsrs) onde a emoção foi viral quando assistimos o ano passado. O link de seu blog já está no facebook.
    Boa sorte e sucesso.
    Cláudio