Imprimir Shortlink

KILLER JOE – MATADOR DE ALUGUEL

imagesEm primeiro lugar: um filme para adultos (e acho que as mulheres também não vão gostar, em razão da natureza das cenas de violência), mas extremamente original em termos do roteiro. Um drama que se passa no Texas atual, envolvendo família e pessoas de classe baixa e baixa classe, com pouca ou nenhuma moral ou ética, em uma situação específica que envolve dinheiro, cobiça, ódio, assassinato etc. Muito interessante a trama, que nos deixa em permanente suspense e na parte final do filme – sublinhada por extrema violência – na total expectativa pelo desenlace. Mérito maior do renomado diretor William Friedkin (Parceiros da Noite, Caçados, Possuídos, Jade, O exorcista, Operação França, Doze homens e uma sentença, A negociação…) e do elenco excelente, todo harmônico e equilibrado, com personagens realmente difíceis de serem construídos e interpretados (da vida real, porém), todos com perfeita identidade. Por isso vale citar o elenco principal: Emile Hirsch (ator americano: Milk, Selvagens…), Juno Temple (atriz britânica: Kaboom…), Thomas Haden Church (ator americano: A mentira, Homem-aranha 3…), Gina Gershon (atriz americana: P.S., eu te amo…) e o efetivo protagonista e para mim grande surpresa, Matthew McConaughey (O poder e a lei, Magic Mike…). Deste ator eu nunca fui fã, mas não há como deixar de reconhecer que neste filme ele desempenha um papel difícil de uma forma exuberante, perfeita, impressionante mesmo. Filme que parece daqueles de produção independente, lançado em 2013 e para públicos especiais, que certamente o apreciarão como merece.  8,8

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone