Imprimir Shortlink

HELENA DE TROIA

Muitos filmes foram feitos sobre a famosa Guerra de Troia. Este é de 1956, dirigido por Robert Wise (Amor sublime amor, A noviça rebelde…) e com as belas Rossana Podestá e Brigitte Bardot (como uma escrava/serva). Apesar das escavações feitas perto de Istambul (final do século 19) e que encontraram diversas cidades enterradas, sobrepostas, com evidências da existência de Troia, esse fato ainda permanece obscuro. Assim como também não se sabe se Homero realmente existiu e se teria escrito, muitos séculos após os supostos acontecimentos, o poema Ilíada, no qual o filme se baseou. O certo é que não se sabe o que foi real e o que é meramente lenda. Ou qual a dose de realidade inserida na mitologia…mas esta certamente apimenta as suspeitas e os permanentes estudos sobre alguma verdade histórica existente em torno dos relatos envolvendo heróis, reis, deuses, vaidades, honra, política, batalhas e conquistas. No caso, a Guerra de Troia teria ocorrido a partir do rapto de Helena (filha do rei Menelau de Esparta, cidade-estado da Grécia) por Páris (filho do rei Príamo de Troia), mas suspeita-se que causa vital da batalha foi o domínio sobre o Helesponto (estreito de Dardanelos), importante ponto da rota comercial entre os mares Mediterrâneo/Egeu e Negro. Troia teria existido onde hoje se localiza a Turquia e sua destruição encerrado a Idade do Bronze (dos aristocratas), que foi sucedida pela Idade do Ferro. O cinema em uma determinada época costumava com frequência ter como tema a mitologia grega. Foram comuns, principalmente nos anos 50, produções italianas (neste caso com co-produção americana) retratando as histórias de Ulisses, de Teseu, da Medusa, do Minotauro, de Heitor, Aquiles, Hércules, Jasão…Filmes com muita ação, diversão, romance, heroísmo…E alguns, como no caso deste filme, com cenas notáveis para a época, incluindo alguma surpreendente profundidade de roteiro: vemos com prazer as centenas de navios gregos cruzando o mar Egeu, o cerco que durou anos, diversas cenas de batalhas, o famoso estratagema do cavalo de Troia…. O que importa aqui é a aventura, o romance e a ação e desfrutar do ótimo entretenimento que esses filmes oferecem, ainda mais sendo vistos agora, resgatando uma época e heróis que povoaram a imaginação de crianças e jovens. 8,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email