Imprimir Shortlink

FUGITIVE PIECES

fugitive-pieces-movie-poster-2007-1010560705Cada um tem seus filmes preferidos. Este é um dos meus favoritos. Estou vendo pela quarta vez, acredito, na ocasião anterior a nota foi 9,5, mas agora é nota máxima. É um filme que atinge em cheio a minha sensibilidade. Tem humanidade de sobra, grandeza de sobra, tangencia e aprofunda emoções e sentimentos genuínos, contando uma história que poderia perfeitamente ser real, envolvendo a guerra e suas cicatrizes. A busca da identidade… Em várias “peças” do filme, a fragilidade nos enternece, a generosidade e a compaixão nos comovem. Não é difícil se identificar com a procura. E com o encontro. E o final, quando todos os elos se encaixam, é de uma beleza avassaladora. Também estrelado por Rosamund Pike, que viria a ficar famosa pelo desempenho em Garota Exemplar, o filme teve o seguinte comentário anterior, que agora reproduzo: ” Não sei se esse filme tão especial, de produção canadense e grega, passou nos cinemas. Sei que volta e meia é exibido nos canais HBO. Talvez seja daqueles casos em que um filme significa muito para algumas pessoas e para outras nem tanto, não sei: mas já o vi 3 vezes e em cada ocasião senti as mesmas sensações e emoções. Um drama extraordinário, que, com equilíbrio e delicadeza, conta fatos relacionados com a guerra, mas principalmente fatos da alma. Um belo e emocionante roteiro, filosófico, repleto dos valores do ser humano em sua busca pelo encontro com o outro, com a vida, com o resgate de seu passado, com o seu próprio sentido de existir. Na verdade, uma história de amor, no mais amplo sentido da palavra e em várias de suas facetas, o amor verdadeiro, o amor da perfeita entrega, o amor incondicional, da paz sem sobressaltos. Estrelado por Stephen Dillane e Rade Serbedzija, foi baseado no romance de Anne Michaels e roteirizado pelo próprio diretor, Jeremy Podeswa. “O mistério da madeira não é ela queimar e sim flutuar” (cada coisa tem seu lado bom e seu lado destrutivo, cabendo a nós a escolha do olhar correto).  10,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone