Imprimir Shortlink

EU DANIEL BLAKE

Um filme britânico, premiado, que exalta a dignidade do ser humano. Fala da vida cotidiana e dos tempos atuais, das dificuldades do desemprego, de se obter dignidade com a velhice e a aposentadoria, da saúde diante da máquina estatal cega, inflexível e burocrática, que gera dolorosa insegurança. Inclusive pela falta de conhecimentos tecnológicos pelo cidadão comum. Mas aborda também a generosidade, a compaixão e outros valores importantes a serem preservados. Um filme forte e certeiro no realismo que aborda, mostrando um universo incômodo mas verdadeiro de pessoas que transitam por situações desfavoráveis e até inesperadas (de miséria). E dependentes do Estado e de regras nem sempre justas e equilibradas. Como entretenimento, o filme obviamente não traz diversão alguma.  Como documento importante, porém, merece 4 estrelas ou mais (quem não se identifica em algum momento com as situações mostradas?). Tanto é assim, que o filme ganhou a Palma de Ouro em Cannes 2016 e o Oscar Francês (Cesar) em 2017, como Melhor Filme Estrangeiro, entre outras premiações.  8,5

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on Facebook
Tweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone