Imprimir Shortlink

CORTINA RASGADA (TORN CURTAIN)

a1c2a2fc58fd9a21552ded9d3623d729_jpg_290x478_upscale_q90Este filme, de 1966, não está entre os mais famosos de Alfred Hitchcock. Mas certamente é um dos bons, com clima de guerra fria, mas se passando na Berlim Oriental, com muita ação, boas doses de policial/ espionagem e principalmente de suspense. E é notável como ao longo de todo o filme sentimos a mão do diretor, principalmente nas cenas repletas de tensão e de desfechos criativos – alguns até inimagináveis pelo espectador, que fica refém do enredo e dos seus desdobramentos. Duas ou três cenas são memoráveis, aliás. O roteiro foi bastante criticado na época do lançamento, com acusações de que era politizado demais, que o diretor estava em decadência etc. Mas alguns dos críticos reconhecem que um filme mediano do diretor ainda assim é melhor do que a maioria dos demais! Não o vejo assim como obra menor e também o considero muito acima da média do gênero, ainda mais que em belíssimo technicolor e com as presenças de Paul Newman e Julie Andrews comandando o elenco (embora a interpretação de ambos não seja espetacular, trata-se de um casal icônico). É bom sempre lembrar que um dos grandes momentos nos filmes de Hitchcock é identificar a cena em que o diretor aparece, sua marca registrada: no caso, perto do começo do filme, segurando um bebê no colo.  8,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone