Imprimir Shortlink

CLOSER TO THE MOON

closer_to_the_moon-2Parte da crítica achou um filme sem definição, mas para mim é um belíssimo trabalho! Na verdade uma comédia (em certos momentos bastante cínica), com toques de drama e baseada em fatos verdadeiros. Este aspecto é anunciado desde o início e reafirmado com os créditos finais, quando conhecemos os personagens reais. Mas é cinema de primeira qualidade, com ótimo roteiro e tudo é tão bem feito e harmonioso – incluindo a caprichada e bela trilha sonora e a fotografia -, que se poderia imaginar tratar-se de um dos ótimos filmes do Woody Allen – embora em alguns momentos lembre os suspenses de Hitchcock. Mas é de Nae Caranfil, um competentíssimo embora desconhecido diretor romeno, sendo o filme produzido por cinco países: Romênia, EUA, Itália, Polônia e França. Estrelado pela talentosa Vera Farmiga (sempre ótima e charmosa e parecida com Patrícia Arquette), Marc Strong e outros, é delicioso de ser assistido e tem um final (incluído os créditos e a emocionante música) muito inspirado e emocionante. E enquanto ouvimos a bela voz cantar “It´s magic” – música consagrada por Doris Day no filme Romance em alto mar -, pensamos que “mágico é o cinema: nos impregnar de beleza e nos transportar dessa maneira”! 9,0

Achou interessante? Gostou? Compartilhe !<br />Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Google+
Google+
Pin on Pinterest
Pinterest
Email this to someone
email